orcamento@artservengenharia.com.br

Av. Casa Verde, 2190 - Casa Verde | São Paulo

+55 11 3858-9569

Blog

Fique por dentro das notícias, curiosidades e novidades.

ArtServ: equipe especializada para atender a Cadeia do Frio

ArtServ: equipe especializada para atender a Cadeia do Frio

O termo Cadeia do Frio refere-se à integração dos elos de produção e logística de produtos perecíveis, preservando suas condições de refrigeração. A cadeia inclui ambientes refrigerados e climatizados, o controle de temperaturas em transporte e na estocagem. A ArtServ, empresa com mais de duas décadas de experiência no segmento de sistemas de coberturas metálicas, faz a manutenção e a instalação de coberturas em galpões que armazenam produtos que dependem de padrões seguros de temperatura ao longo do processo de distribuição física.

As indústrias que atuam diretamente na Cadeia do Frio precisam que seus produtos sejam armazenados de acordo com temperaturas determinadas pelos fabricantes, por exemplo: um produto precisa estar acondicionado entre temperaturas de 0°C e 10°C outros produtos (alimentos), entre 10 °C e 18 °C, e dependendo do produto ele deverá ser armazenado a temperatura negativas,  entre – 25 °C e 0 °C,. Diante disso, as Indústrias que fazem parte da Cadeia do Frio, demandam galpões e projetos específicos, que atendam às exigências necessárias para manter a segurança e a qualidade dos produtos armazenados, evitando assim perdas que podem configurar grandes prejuízos.

O arquiteto César Oliveira, profissional que compõe a equipe da ArtServ, explica que no verão as temperaturas no Brasil, possuem uma grande variância, e podem atingir entre 15ºC a 40°C, durante o mesmo dia, em algumas regiões. Por outro lado, a temperatura de um galpão pode chegar a - 20 °C. É uma diferença de temperatura enorme, que provocará uma dilatação dos elementos da construção civil. “O projeto precisa ser detalhado por profissionais qualificados e mesmo assim haverá dilatação do material”, diz. A construção metálica, incluindo a Cobertura Zipada, é o sistema que melhor se adequa, pois, seu sistema, permite a dilatação da cobertura, em situação de grande variação de temperatura, e ainda assim, garantindo a estanqueidade da cobertura metálica. O conjunto do sistema Estrutura Metálica, associada a Telhas Zipadas termo isoladas (telhas sanduiche), é portanto, a cobertura mais adequada à cadeia do frio. Ressaltando que o miolo isolante é a parte mais crítica da especificação, onde produtos de isolação (lã de vidro, lã de rocha, poliuretano expandido), possuem performance e utilizações distintas. Mas é importante lembrar, que, “se o produto e a instalação não forem adequados, vai haver uma série de pequenos vazamentos”. Em galpões com temperaturas muito baixas, em geral com altura de pé direito próximo aos 12 metros de altura, os vazamentos colocam em risco a segurança dos funcionários, já que as goteiras se solidificam e transformam-se em estalactites, e suspensos próximo a cobertura (entre 10 a 12 metros de altura). E caso se soltem podem atingir os funcionários provocando um possível acidente e causar ferimentos e dependendo do caso, até ser fatal. Além disso, falhas que permitem a entrada de ar na cobertura comprometem a eficiência do ar condicionado, por exemplo, o que exige que o equipamento seja usado em potência máxima e consequentemente uma elevação sistêmica de custo de energia a operação como um todo.

Há um caso real, onde foi possível apresentar ao cliente (Galpão frigorifico), um estudo de consumo de energia em cobertura simples, e sistema cobertura metálica zipada(termo isolada), onde a efetiva redução de valor de consumo de energia em (Kwa), e sua análise de Pay - back, se justificou em 36 meses. Desta forma, a equipe da Artserv, além de prover as melhores soluções técnicas, também está apta a equacionar o ganho de consumo em KWa, as indústrias da cadeia do frio, especialmente galpões frigoríficos.

A ArtServ é frequentemente acionada para fazer a reforma de coberturas de galpões refrigerados e climatizados que enfrentam problemas não apenas com infiltração que surgem por dilatação, mas também por projetos incorretos, uso indevido ou o próprio desgaste da cobertura, garantindo total estanqueidade a partir de soluções sob medida para cada projeto e a responsabilidade técnica que todo cliente espera.

  Quarta-feira, 9 de Outubro de 2019